EMAIL
TELEFONES
  • (49) 3221 2500
  • (49) 99982-4682
ENDEREÇO
  • Av. Pres. Vargas, 999
    Bairro Coral, Lages - SC
    CEP: 88508-110

Leia nosso blog

Categoria: iluminacao
01 de Outubro de 2019

Luz quente, neutra ou fria, como compor?

Luz quente, neutra ou fria, qual usar na iluminação da casa como elemento decorativo? Dependendo da sua escolha, é possível, inclusive, diminuir o valor da sua conta de consumo de energia.

Até bem pouco tempo, a função da iluminação era somente clarear e pronto! Bastava um ponto de luz central para tudo estar perfeito e funcional. As pessoas estão despertando o interesse para o potencial decorativo da iluminação da casa com a utilização de abajures, colunas, arandelas e spots que, juntos, dão um toque especial ao ambiente.

As possibilidades de criar diferentes climas para um mesmo ambiente depende do projeto que você quer para a sua casa. Iluminação de espaços mistos e até de quartos dos bebês são favorecidos com os diversos tipos de luz. Confira a seguir algumas dicas inspiradoras de iluminação.

Tipos de lâmpadas e acessórios

São inúmeras opções de lâmpadas que podem ser usadas na decoração. Entretanto, podemos fazer uma pequena compilação das mais utilizadas. Veja alguns exemplos que nossos profissionais escolheram para você:

Lâmpadas incandescentes comuns: são aqueles modelos mais antigos, com coloração amarelada. Possuem duração curta e escurecem perto do fim de suas vidas úteis;

Lâmpadas incandescentes alógenas: mesmo princípio das incandescentes comuns, mas com acréscimo de gases alógenos. Duram mais, são mais eficientes em luminosidade e não escurece quando se aproxima do fim de suas vidas úteis;

Lâmpadas fluorescentes: luzes frias, com baixa emissão de calor no ambiente. Em geral, são cilindros de vidro cheio de argônio, revestidos com uma fina camada de pó fluorescente (fósforo);

Lâmpadas fluorescentes compactas: compostas pelos mesmos gases e revestimento, mas são mais econômicas que as fluorescentes comuns;

Lâmpadas LED: são muito mais econômicas que as luzes fluorescentes e mais utilizadas atualmente.

Dicas de iluminação por ambiente

Para poder aproveitar ao máximo as características decorativas das lâmpadas de luz quente, neutra ou fria, é preciso ter em mente a utilização de cada espaço da sua casa. Vamos entender:

Sala de estar – espaço que pode ser utilizado para receber visitas, assistir TV ou o que sua imaginação permitir. O ideal é dividir em setores, tendo um tipo de iluminação para cada um deles: luz quente para o cantinho da leitura; luz neutra para a área da TV ou jantar; e luz fria, direcionada ao home office;

Cozinha – por ser uma área de trabalho é preciso instalar uma iluminação eficiente e, por isso, recomendamos a luz fria.

Banheiro –  preferencialmente, a iluminação deve ser feita com luz fria, direcionada por spots na região do espelho e espalhadas na área do chuveiro ou vaso sanitário;

Escritório – área de trabalho onde deve predominar a luz fria, mas sem ofuscar as telas de aparelhos eletrônicos, como seu laptop, por exemplo, naquela área que mais utilizada no escritório. Nos demais espaços é possível optar por luz neutra ou quente;

Quartos – por ser o local de descanso e relaxamento, o melhor é usar iluminação indireta nos espaços da cama. Também é interessante ter pontos específicos com abajures e luminárias para aquela última leitura antes de dormir.

Em geral, a escolha do tipo de luz vai depender de inúmeros fatores como, por exemplo, o projeto para seu imóvel. Mas, se você pode e deseja caprichar para compor a iluminação da casa, vá em frente!
Carrinho
0 Item(s)